tomatestomate plantatomate cortado tomates Clique nas fotos para ampliar





Amendôa - Benefícios para a Saúde

 

 

 



Comer amêndoas reduz o risco de aumento de peso.

Embora as amêndoas sejam conhecidas por fornecer uma variedade de benefícios cardioprotectores, muitas pessoas evitam-nas com medo de engordar. Um estudo prospectivo mostra que tais temores são infundados. Na verdade, as pessoas que comiam amêndoas pelo menos duas vezes por semana eram muito menos propensas a aumentar de peso do que aquelas que quase nunca as comiam.

O estudo de 28 meses, envolvendo 8.865 homens e mulheres adultos, em Espanha, levou à conclusão de que os participantes que comiam amêndoas pelo menos duas vezes por semana eram 31% menos propensos a engordar do que os participantes que nunca ou quase nunca as comiam.

E, entre os participantes do estudo que aumentaram de peso, aqueles que nunca ou quase nunca comiam amêndoas, aumentaram uma média de mais 424 gramas do que aqueles que as comiam pelo menos duas vezes por semana.
Os autores do estudo concluíram que "o consumo frequente de amêndoas esteve associado a um risco reduzido de aumento de peso”.

Voltar ao Topo

A amêndoa ajuda a produção de energia

As amêndoas são uma boa fonte de manganês e uma boa fonte de cobre, dois minerais que são cofatores essenciais de uma enzima oxidante chamada superóxido dismutase. O superóxido dismutase neutraliza os radicais livres, produzidos dentro das mitocôndrias (as fábricas de produção de energia nas células), mantendo assim a nossa energia a fluir. Felizmente, a Mãe Natureza fornece minerais cofatores nas amêndoas.

Apenas um quarto de uma chávena de amêndoas fornece 45,0% do valor diário ideal de manganês e 20,0% do valor diário ideal de cobre. A riboflavina (vitamina B2) também desempenha pelo menos dois papéis importantes no organismo no que diz respeito à produção de energia. Quando activa em vias de produção de energia, a riboflavina toma a forma de flavina adenina dinucleotídeo (FAD) ou flavina mononucleótido (FMN). Sob estas formas, a riboflavina anexa às enzimas uma proteína chamada flavoproteína, que permite a ocorrência da produção de energia à base de oxigénio.

As flavoproteínas  encontram-se em todo o corpo, especialmente nos locais onde a produção de energia à base de oxigénio é constantemente necessária, tais como o coração e outros músculos. Outro papel da Riboflavina na produção de energia é o de protecção.

O oxigénio que contenha moléculas que o corpo usa para produzir energia pode ser altamente reactivo e pode inadvertidamente causar danos à mitocôndria e até às próprias células. Nas mitocôndrias, a lesão é essencialmente impedida por uma pequena molécula de proteína chamada glutationa. Como muitas moléculas "antioxidantes", a glutationa deve ser constantemente reciclada e é a vitamina B2 que permite que essa reciclagem ocorra. (Tecnicamente, a vitamina B2 é um cofator para a enzima glutationa redutase, que reduz a forma oxidada da glutationa  para a sua versão menor.) O mesmo quarto de chávena de amêndoas fornecerá às  suas células 17,6% do valor diário ideal de riboflavina.

Voltar ao Topo

A amêndoa ajuda a prevenir cálculos renais

Um estudo mostra que aquelas que comem pelo menos uma onça de nozes, amendoins ou manteiga de amendoim por semana correm um risco 25% menor de desenvolver cálculos biliares.

Uma vez que uma onça corresponde apenas a 28,6 nozes ou cerca de 2 colheres de sopa de manteiga de amendoim, a prevenção de doenças da vesícula biliar pode ser tão fácil como comer um punhado de amêndoas com uma bebida à tarde, juntar algumas amêndoas à sua farinha de aveia ou à sua salada ou comer uma sanduíche de manteiga de amendoim e gelatina (não se esqueça de usar pão de trigo integral por causa das suas fibras, vitaminas e minerais) ao almoço todas as semanas.

Voltar ao Topo

A amêndoa é uma Fonte de proteínas

As amêndoas são concentrados de proteínas. Um quarto de chávena contém 7,62 gramas de proteínas, mais do que o típico ovo, que contém 5,54 gramas.

Voltar ao Topo

Deixe o seu comentário

 

 

Importante:
Este artigo e a informação presente não tem como objectivo servir de aconselhamento médico e não deverá nem poderá ser seguido como substituto de consulta médica.

O i-legumes.com apenas lista os nutrientes e os eventuais benefícios para a saúde de uma alimentação baseada em legumes. O site não pretende aconselhar sobre como curar sintomas, doenças ou condições e toda a informação aqui lista nunca deve ser seguida para alteração da sua alimentação ou hábitos de saúde. Consulte sempre o seu médico para aconselhamento sobre a sua alimentação e saúde.