tomatestomate plantatomate cortado tomates Clique nas fotos para ampliar





Amendoim - Benefícios para a Saúde

 

 

 


Além de ser de qualquer criança (adulto e criança de muitos) sanduíche favorito de enchimento, amendoins oferecem uma variedade de benefícios à saúde.
Além do grão ser muito apreciado por adultos e crianças em geral ou da sua manteiga ser muito utilizada para barrar sanduíches, o amendoim oferece ainda uma série de benefícios para a saúde.

Amendoim bom para o coração

O amendoim é uma boa fonte de gordura monoinsaturada. Este tipo de gordura, predominante na dieta mediterrânea, é fundamental para um coração saudável.

Voltar ao Topo

Amendoim  uma fonte de antioxidantes

O amendoim que contém não só ácido oleico como o mesmo tipo de  gordura saudável que encontramos no azeite de oliveira tem ainda a vantagem de ser muito saboroso e rico em antioxidantes.

Embora não apresente índices de antioxidantes tão elevados como, por exemplo, os dos frutos vermelhos – a romã, a amora, o morango, entre outros -  têm, no entanto, um índice de antioxidante muito mais elevado que outros frutos, como a maçã, a cenoura e a beterraba. O amendoim contem uma alta concentração de polifenóis antioxidantes, principalmente um composto chamado ácido p-cumárico, que aumenta o índice de antioxidante em mais 22%.

Voltar ao Topo

Rico em minerais que fornecem energia e antioxidantes

O resveratrol é um flavonóide que tinha sido inicialmente encontrado na uva vermelha e no vinho tinto, chegou-se agora á conclusão de que também existe no amenodim.

O  resveratrol só por si (um  nutriente purificado por via intravenosa, e não através da ingestão de  alimentos) é um fitonutriente que ajuda a aumentar em cerca de 30% o fluxo sanguíneo no cérebro, reduzindo portanto o risco de derrame.

Ao estimular a produção e/ou a liberação de ácido nítrico (NO) no revestimento dos vasos sanguíneos (endotélio), leva ao relaxamento muscular e á consequente dilatação dos referidos vasos  o que, por sua vez, aumenta o fluxo sanguíneo. Nos animais aos quais foi  dado resveratrol, a concentração de óxido nítrico (NO) na parte afectada do cérebro (isquemia) foi 25% maior do que a concentração de NO verificada nos que não receberam resveratrol.

Voltar ao Topo


Deixe o seu comentário

 

 

Importante:
Este artigo e a informação presente não tem como objectivo servir de aconselhamento médico e não deverá nem poderá ser seguido como substituto de consulta médica.

O i-legumes.com apenas lista os nutrientes e os eventuais benefícios para a saúde de uma alimentação baseada em legumes. O site não pretende aconselhar sobre como curar sintomas, doenças ou condições e toda a informação aqui lista nunca deve ser seguida para alteração da sua alimentação ou hábitos de saúde. Consulte sempre o seu médico para aconselhamento sobre a sua alimentação e saúde.