Felicidade através da Nutrição e Saúde

Benefícios de Saúde do Boldo

Os benefícios para a saúde do óleo essencial de Boldo podem ser atribuídos às suas propriedades: pode ser utilizado como anti-inflamátorio, anti-reumático, anti-séptico, como colagogo, como digestivo, diurético, hepática, insecticida, estimulante de narcóticos e vermífugo.

O óleo essencial de Boldo é obtido através da destilação a vapor das folhas da erva Peumus Boldus (nome botânico). Esta erva, vulgarmente conhecida como Boldo, é proveniente da América do Sul e é encontrada em abundância em países como o Chile, o Peru, a Bolívia, etc.

Os principais constituintes do óleo essencial obtido a partir do Boldo são: alfa pineno, ascaridole, beta pineno, canfeno, gama Terpinene, Cineol, Limoneno, Linalol, Para-cimeno e outros mono-terpenóides, dos quais o componente ascaridole é considerado responsável pelo comportamento tóxico do óleo.

 

Antes de avançarmos para estudar as propriedades medicinais do óleo essencial de Boldo, e ao contrário da maioria dos óleos essenciais que podem ser tomados com segurança em casa e sem prescrição ou supervisão de um especialista, devo alertar que este óleo não é um remédio caseiro e não deve ser tentado a utilizar em certos sintomas, apesar de ter sido testado nos sintomas abaixo referidos. É um óleo altamente tóxico e uma ligeira “overdose” pode ter consequências muito graves.

 

  • Anti- Inflamatório: O óleo de Boldo é um sedativo muito eficiente em inflamações, particularmente aquelas relacionadas com o fígado, o estômago, os intestinos e outras partes do sistema digestivo. As inflamações provocadas pelos efeitos secundários de drogas, pelo uso excessivo de álcool ou narcóticos, alimentos fortes e picantes, ou qualquer doença ou elemento tóxico no corpo, podem ser sedadas utilizando este óleo.

 

  • Anti-Microbiana: Devido à elevada natureza tóxica deste óleo, ele é um óleo extremamente eficaz como agente anti-microbiano. Mata os micróbios, inibindo o seu crescimento. É igualmente eficaz com qualquer tipo de micróbio, como bactérias, fungos, protozoários ou vírus. Pode ser utilizado para curar uma série de doenças e infecções provocadas pelos micróbios.

 

  • Anti-Reumática: Apresenta uma acção anti-reumática devido ao efeito estimulante do óleo essencial de Boldo. Sendo um estimulante (a maioria das drogas são na verdade agentes estimulantes externos), estimula a circulação sanguínea nas partes afectadas e alivia o reumatismo e a artrite, uma vez que estas doenças são provocadas principalmente devido a problemas de má circulação ou circulação obstruída. Mais uma vez, sendo um narcótico, reduz a sensação de dor nas partes afectadas e provoca uma sensação de alívio.

 

  • Anti-Séptico: Dado que este óleo é tão bom na luta contra infecções, pode ser utilizado para proteger feridas sépticas e tétano, que são provocadas devido à infecção por bactérias. Devido à toxicidade do óleo, os germes não podem crescer nas feridas, e as feridas estão protegidas de serem sépticas.

 

  • Colagogo: Devido às suas propriedades estimulantes, o óleo essencial de Boldo aumenta a secreção de bílis do fígado, ajudando na digestão e na resultante decomposição dos alimentos ingeridos, ajuda a manter o equilíbrio do pH no estômago, assim como ajuda a combater a acidez e acidose.

 

  • Digestivo: Este óleo tem encontrado o seu uso sobre a manutenção da digestão. Devido à sua acção microbiana é particularmente eficaz no tratamento de distúrbios digestivos tais como envenenamento, indigestão, vómitos, diarreia, disenteria e distúrbios alimentares. Além disso, sendo um colagogo e hepática, promove a digestão, mantendo o fígado saudável.

 

  • Diurético: O óleo essencial de Boldo aumenta a frequência e a quantidade de urina, embora ligeiramente, o que ajuda a drenar toxinas tais como o ácido úrico, assim como sais ou água que estejam em excesso e excesso de bílis depositada no corpo. A micção também ajuda a reduzir peso devido à perda de água e de gordura através da urina. Auxilia também na redução da pressão sanguínea, aumenta o apetite, promove a digestão e previne a formação de gases nos intestinos. A micção também limpa os depósitos nos rins, mantendo-os limpos.

 

  • Hepática: O óleo de Boldo é particularmente bom para o fígado. Protege o fígado de infecções e estimula a produção de bílis. É também utilizado para tratar uma série de doenças do fígado ou hepáticas.

 

  • Inseticida: É eficiente na eliminação de insectos devido à natureza altamente tóxica deste óleo. Esta propriedade pode ser empregada também na eliminação de alguns parasitas do corpo humano: piolhos, pulgas, mosquitos, percevejos, moscas, etc.

 

  • Narcóticos: O óleo essencial de Boldo tem efeitos acentuados sobre o sistema nervoso e neurótico e tem efeitos intoxicantes ou narcóticos. Em doses muito pequenas pode ser utilizado para induzir efeitos relaxantes, calmantes ou tranquilizantes sobre os nervos, mas em doses um pouco maiores pode provocar certos sintomas como naúseas, dores de cabeça, aflições nervosas, convulsões e até mesmo coma.

 

  • Estimulante: O óleo de Boldo tem um efeito estimulante sobre os nervos, o cérebro e a circulação sanguínea. Aumenta as taxas de circulação e de respiração. Também estimula as descargas da vesícula biliar, o fígado, o baço e as glândulas endócrinas (tais como hormonas e enzimas), assim como a secreção de sucos gástricos.

 

  • Vermífugo: Sendo tóxico na natureza, o óleo mata os vermes intestinais (tanto vermes redondos como em fita) e as suas massas de ovos. Também pode ser utilizado para combater vermes, tais como ancilostomídeos.

 

  • Outros benefícios: Acção correctiva sobre as pedras da vesícula biliar; infecções no cólon e nos intestinos, infecções nas vias urinárias, infecções nos órgãos excretores, infecções nos rins, etc; actua sobre dispepsia e é utilizado também na redução de peso.

 

Algumas palavras de precaução:

Este óleo é altamente tóxico e pode produzir convulsões e sintomas de toxicidade mesmo em doses muito pequenas. Pode também colocar alguém em coma se utilizado em doses ligeiramente elevadas. Este óleo não é utilizado na aromaterapia devido ao seu odor.

Deste modo, este óleo nunca deve ser utilizado como um remédio caseiro e deve apenas ser utilizado internamente sob a supervisão de um especialista. Deve ser evitada a sua utilização durante uma gravidez a qualquer custo. É também um estimulante da produção de ácido úrico.

468 ad

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>