A Garra do Diabo - Benefícios para a Saúde

  • 0
  • agosto 11, 2014

A Garra do Diabo – Benefícios para a Saúde

Para além do alívio das dores, muitos ervanários profissionais consideram que a garra do diabo é igualmente eficaz para as dores de estômago, perda de apetite, dores de caneca, alergias e febre; as preparações tópicas da garra do diabo também podem ser aplicadas na pele para curar feridas, úlceras, bolhas e outras lesões cutâneas.

Osteoartrite

Vários estudos feitos, mostram que o uso prolongado de garra do diabo alivia substancialmente as dores e activa o desenvolvimento físico de pessoas com osteoartrite; num estudo feito durante 4 meses, em 122 pessoas com osteoartrite do joelho e da anca, verificou-se que o tratamento feito com pó da raiz de garra do diabo, reduziu a dor e aumentou a capacidade motora das referidas pessoas muito mais eficazmente que a utilização dos habituais medicamentos químicos para aquele efeito; além disso os efeitos secundários da utilização de garra do diabo são muito menores.

Um outro estudo veio a demonstrar a eficácia do tratamento com garra do diabo em pessoas com doenças reumáticas – artroses, dores lombares, etc. –.

Setenta e cinco pacientes com artrite na anca ou no joelho foram tratados com 2.400 mg diários de pó de raiz de garra do diabo, correspondente a 50 mg de harpagoside químico, durante 12 semanas, proporcionando significativa redução da dor e dos sintomas associados à osteoartrite; só se verificaram dois casos que sofreram de efeitos secundários – dificuldades de digestão e sensação de empanturramento.

 Dores nas costas e no pescoço

Embora os resultados de um estudo feito tenham sido um tanto contraditórios, as evidências apresentadas sugeriram que a garra do diabo pode ajudar a aliviar as odres lombares e as dores de pescoço; num pequeno estudo feito em 63 pessoas com dores, de leves a moderadas, nas costas, no pescoço e nos ombros, durante 4 semanas, em que foram feitos tratamentos com o extrato da raiz da garra do diabo, verificou-se haver alívio moderado das dores musculares.

Num estudo feito durante um mês, em mais de 197 homens e mulheres com dores lombares crônicas, os que receberam tratamento com garra do diabo, nas mesmas doses diárias habitualmente utilizadas nos tratamentos com medicamentos químicos, não só passaram a ter menos dores, como tiveram que recorrer menos vezes aos analgésicos habituais.

Num outro estudo que acompanhou 73 pacientes, durante 54 semanas, verificou-se que: os 38 pacientes que tomaram um suplemento de garra de diabo sentiram alívio das dores igual ao que os restantes 35 sentiram, tendo estes tomado “Celebrex”, um anti-inflamatório químico.

 Composição da garra do diabo

A garra do diabo é uma fonte de glicosídeos iridóides, componentes com forte acção anti-inflamatória; o harpagoside (um tipo de iridóides) é um dos maiores componentes concentrado na raiz da garra do diabo, tem vindo a demonstrar as suas propriedades anti-inflamatórias, essenciais para o alívio das dores.

Liliana Monteiro

Sobre Liliana Monteiro

Liliana é Editora no i-legumes.com. É uma apaixonada por legumes e frutas e fã de mercados de agricultores. A Liliana particularmente adora tomate, figos frescos e qualquer coisa com abóbora! Seu amor por uma boa saúde leva-a a exercitar diariamente. Algumas de suas rotinas de treino favoritos incluem caminhada, corrida e yoga.

Deixe um Comentário