Pimento – Benefícios para a Saúde

  • 0
  • agosto 12, 2014

O Pimento protege contra os radicais livres
Os pimentos são ricas fontes de alguns dos melhores nutrientes disponíveis.

Para começar, os pimentos são excelentes fontes de vitamina C e vitamina A (através da sua concentração de carotenóides, como beta-caroteno), dois antioxidantes muito poderosos.

Estes antioxidantes trabalham juntos para efetivamente neutralizar os radicais livres, que podem viajar através do corpo causando enormes quantidades de dano às células.

Os radicais livres são actores importantes no acúmulo de colesterol nas artérias que levam à aterosclerose e doença cardíaca, ao dano do nervo e dos vasos sanguíneos visto nos diabetes, às catarata, à dor nas articulações e aos danos da osteoartrose e artrite reumatóide.

Ao fornecer esses dois poderosos destruidores de radicais livres, o pimento pode ajudar a prevenir ou reduzir alguns dos sintomas destas condições por aleviar a fonte do problema.

O Pimento são fonte de fibra

Além de ser rico em fitoquímicos, pimentões fornecem uma boa quantidade de fibra.

O Pimento reduz o risco de doenças cardiovasculares

Para aterosclerose e doença cardíaca do diabético, o pimento também contém vitamina B6 e ácido fólico.

Estas duas vitaminas do complexo B são muito importantes para reduzir os níveis elevados de homocisteína, uma substância produzida durante o ciclo de metilação (um processo bioquímico essencial em praticamente todas as células do corpo).

Os níveis de homocisteína altos foram mostrados para causar danos aos vasos sanguíneos e são associadas com um risco muito maior de ataques cardíacos e derrames.

Além de fornecer as vitaminas que convertem a homocisteína noutras moléculas benéficas, o pimento fornece também fibras que ajudam a baixar os níveis de colesterol alto, outro factor de risco para ataques cardíacos e derrames.

 O Pimento ajuda a proteger contra o cancro

Os Pimentos vermelhos são um dos poucos alimentos que contêm licopeno, um carotenóide cujo consumo foi inversamente correlacionada com cancro de próstata e os cancros do colo do útero, bexiga e pâncreas.
Estudos recentes sugerem que os indivíduos cujas dietas são pobres em alimentos ricos em licopeno estão em maior risco de desenvolver esses tipos de cancros.

Para as pessoas preocupadas com o cancro do cólon, a fibra encontrada nos pimentos pode ajudar a reduzir a quantidade de pontos de contacto que temos com células cancerígenas.

Além disso, o consumo de vitamina C, beta-caroteno e ácido fólico, encontrado em todos os pimentos, está associado a um risco significativamente reduzido de cancro do cólon.

 O Pimento ajuda na saúde dos olhos

O pimento parecem ter um efeito protetor contra as cataratas, possivelmente devido a sua vitamina C e beta-caroteno.

Os investigadores italianos compararam as dietas de pacientes do hospital que tinha as cataratas removidas com pacientes que não haviam sido submetidos à operação.

Certos produtos hortícolas, incluindo pimentos, reduzem o risco da operação das cataratas. A variedade vermelha de pimento também fornecem os fitonutrientes luteína e zeaxantina, que protegem contra a degeneração macular, a principal causa de cegueira nos idosos.

O Pimento ajuda na artrite reumatóide

Alimentos ricos em vitamina C, como os pimentos, fornecem aos seres humanos proteção contra a poliartrite inflamatória, uma forma de artrite reumatóide que envolve duas ou mais articulações.

 

Pedro Silva

Sobre Pedro Silva

O Pedro Silva é o editor chefe do i-legumes.com, especialista em nutrição. Ele é apaixonado por ajudar as pessoas a alcançar seus objetivos de saúde e bem-estar.

Deixe um Comentário