tomatestomate plantatomate cortado tomates Clique nas fotos para ampliar





Equinácia - Efeitos Secundários

 

 

 

O uso de ervas é uma abordagem muito reconhecida para fortalecer o corpo e tratar doenças.

As ervas, no entanto, contêm substâncias activas que podem desencadear efeitos colaterais e interacções com outras ervas, suplementos ou medicamentos.

Por estas razões, deve tomar-se cuidado com as ervas que se utilizam e sempre sob a supervisão de um especialista em cuidados de saúde e experiente no campo da medicina botânica.

Pessoas com tuberculose, leucemia, diabetes, doenças do tecido conjuntivo, esclerose múltipla, HIV ou SIDA, doenças auto-imunes, ou, eventualmente, disfunção hepática, não devem tomar Equinácea.

Existe alguma preocupação de que a Equinácea possa reduzir a eficácia dos medicamentos que suprimem o sistema imunológico.

Por esse motivo, as pessoas que recebem transplantes de órgãos e que têm de tomar medicamentos imunossupressores devem evitar esta erva.

Em casos raros, a Equinácea pode causar reacções alérgicas que vão desde uma leve erupção de choque anafilático (uma reação de risco de vida acompanhada de aperto na garganta, falta de ar e, eventualmente, desmaio).

Pessoas com asma e alergias podem ter um risco acrescido para desenvolverem estas reacções adversas.

Pessoas com hipersensibilidade a plantas da família da margarida (compositae) não devem tomar a Equinácea, a menos que o façam sob a supervisão de um profissional de saúde.

Houve um relato de eritema nodoso individual de desenvolvimento (uma condição dolorosa da pele), depois de ter sido tomado Equinácea para tratar uma gripe.

Quando ingerido por via oral, a Equinácea pode causar entorpecimento temporário e formigamento (comichão) na língua.

Apesar das preocupações de que a Equinácea pode ser perigosa para as mulheres grávidas ou em situação de amamentação, as evidências sugerem que o uso da Equinácea durante a gravidez não aumenta o risco de defeitos congénitos ou outros problemas de saúde relacionados com a gravidez.

 


Deixe o seu comentário

 

 

Importante:
Este artigo e a informação presente não tem como objectivo servir de aconselhamento médico e não deverá nem poderá ser seguido como substituto de consulta médica.

O i-legumes.com apenas lista os nutrientes e os eventuais benefícios para a saúde de uma alimentação baseada em legumes. O site não pretende aconselhar sobre como curar sintomas, doenças ou condições e toda a informação aqui lista nunca deve ser seguida para alteração da sua alimentação ou hábitos de saúde. Consulte sempre o seu médico para aconselhamento sobre a sua alimentação e saúde.